Logo da Pinacoteca

Apoie

Logo da Pinacoteca

Studio3 Cia. de Dança se apresenta na Pinacoteca como parte do programa Dança na Pina 2019

Apresentações, que partem de canções brasileiras, acontecem em novembro e ocupam diversos espaços do museu

A Pinacoteca de São Paulo, museu da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e o Studio3 Cia. de Dança, apresentam, nos dias 15, 16, 17, 23 e 24 de novembro de 2019, o espetáculo Um Certo Canto Brasileiro, idealizado e dirigido por Anselmo Zolla. As apresentações, que contam com patrocínio da B3, acontecem sempre às 10h30 e 16h30 ocupando diversos espaços da Pinacoteca, no edifício Pina Luz, e trazem coreografias que tomam como ponto de partida canções brasileiras.

Em Um Certo Canto Brasileiro, o público é conduzido pelo grupo de intérpretes-criadores a uma “viagem” no tempo e no espaço mergulhando em músicas, dos anos 1930 aos 1980, que marcaram várias épocas e gerações. Canções de autoria de Tim Maia, Caetano Veloso, Maysa Matarazzo, Chico Buarque, Roberto Carlos, Maria Bethânia, Cartola, Elizeth Cardoso, Angela Maria, Jamelão, Milton Nascimento, Tom e Elis.

Anselmo Zolla, idealizador do espetáculo, atuou nos teatros alemães de Kaiserslautern e Wiesbaden e criou obras para as companhias Azet Dance Company, Teatro de Heidelberg, Teatro de Mannheim e Teatro de Kaiserslautern. No Brasil, trabalhou ao lado de Deborah Colker e, também, no Balé da Cidade de São Paulo e na Quasar Cia. de Dança. Atualmente, é diretor artístico da Studio3 Cia. de Dança.

Outro destaque do espetáculo é o cenário feito em papelão ondulado assinado por Antônio S. Lemes. “Se vivemos num mundo onde nos preocupamos com o meio ambiente e a reciclagem dos objetos, é necessário que o espaço cênico das grandes montagens acompanhe essa tendência ecológica”, explica, Zolla.

As apresentações fazem parte do programa Dança na Pina, criado em 2017 com intuito de trazer outras linguagens artísticas para dialogar com a arquitetura do museu. Sua estreia contou com o espetáculo Deslocamentos, da bailarina e coreógrafa Marta Soares.

Dança na Pina é um programa que parte da nossa missão de promover sempre uma nova experiência do público com a arte, estimulando a criatividade e a construção de conhecimento. A parceria com a Studio3 Cia. de Dança ativa os espaços do museu de maneira surpreendente e permite diálogos potentes com o acervo da instituição” conta Jochen Volz, diretor geral da Pinacoteca.

 

SOBRE A STUDIO3 CIA. DE DANÇA

A criação da Studio3 Cia. de Dança representa a consolidação de um trabalho artístico cuidadosamente preparado pelo seu coreógrafo e diretor artístico Anselmo Zolla, sob a direção geral de Evelyn Baruque. Criada em 2005, a companhia hoje conta com 14 intérpretes em seu elenco, provenientes de diversas formações.

 

FICHA TÉCNICA – UM CERTO CANTO BRASILEIRO

Idéia e direção coreográfica: Anselmo Zolla

Coreografia: Anselmo Zolla e elenco de intérpretes criadores

Ensaiador e assistente de coreografia: Liris do Lago

Direção musical: Felipe Venancio

Cenografia: móveis em papelão ondulado – Antônio S. Lemes/ Klabin Embalagens

Desenho de Luz: Joyce Drummond

Relações Públicas/Convidados: Liège Monteiro e Luiz Fernando Coutinho

Assessoria de imprensa: Liège Monteiro e Luiz Fernando Coutinho

Classificação indicativa: livre

Duração: 60 minutos

 

SERVIÇO

Dança na Pina apresenta Studio3 Cia. de Dança – Um Certo Canto Brasileiro

Datas: 15, 16, 17, 23 e 24 de novembro de 2019, sexta, sábados e domingos

Horários: 10h30 e 16h

Duração: 60 minutos

Pinacoteca de São Paulo:

Edifício Pina Luz

Praça da Luz 2, São Paulo, SP – Recepção, Pátio 1, Passarelas, Octógono, Lobby e Atrium

Ingressos: R$ 10,00 (entrada); R$ 5,00 (meia-entrada para estudantes com carteirinha)

Menores de 10 anos e maiores de 60 são isentos de pagamento.

Aos sábados, a Pinacoteca é gratuita para todos.

(11) 3324-1000

40 lugares

Classificação indicativa: livre

Acesso para cadeirantes

Wifi aberto ao público