Logo da Pinacoteca

Apoie

Logo da Pinacoteca

Gravura Brasileira no Acervo da Pinacoteca de São Paulo

21 abr 2012
26 out 2014

Gravura Brasileira no Acervo da Pinacoteca de São Paulo, mostra com obras e 105 artistas como Elisa Bracher, Fayga Ostrowe, Ivan Serpa, Lasar Segall, Lívio Abramo, Maria Bonomi, Oswaldo Goedi, entre outros. A mostra é resultado de uma pesquisa que vem sendo realizada no acervo da Pinacoteca, que conta com mais de três mil gravuras e marca o inicio das atividades sistemáticas, propostas pela Pinacoteca, com foco na produção de gravura no Brasil. O Gabiente de Gravura Guita e José Mindlin é um espaço dedicado à gravura. Instalado no terceiro andar da Estação Pinacoteca é composto por três salas, sendo dedicada à mostras de longa duração e as outras duas para exposições temporárias, com diferentes recortes curatoriais.

A mostra contempla grandes temas pertinentes à historia da arte brasileira, da primeira década do século 20 até a primeira década do século 21. Em um dos conjuntos, a Figuração e Expressionismo, podem ser reconhecidas obras de cunho social, realizadas entre os anos 1920 e 1930, de artistas como Lasar Segall, Danubio Gonçalves, Poty Lazaroto, entre outros. A Nova Figuração e Arte Pop está representada por que exploram temas relativos à repressão política nos anos 1960 Rubens Guerchman, Antonio Dias, Antonio Henrique Amaral são alguns desses.

Do conjunto de artistas que se debruçaram sobre a Abstração estão presentes Fayga Ostrower, Edith Behring, Anna Bella Geiger, Farnesi de Andrade, Anna Letycia, Ibere Camargo, Maria Bonomi e Artur Piza. Já os Geometricos e Construtivos estão representados pelas obras de Ivan Serpa, Irene Buarque, Rubem Valentim, e Mavignier. Da produção Contemporânea o público poderá conhecer obras de Maria Lucia Cattani, Elisa Bracher e Helio Fervenza, Marco Butti, Alex Serveney, Sergio Finguerman, entre outros.