Logo da Pinacoteca

Apoie

Logo da Pinacoteca

Videobrasil Pop Up

Curadoria de Solange Farkas

Em diálogo com a exposição Somos muit+s: experimentos sobre coletividade três programas de filmes do acervo do Videobrasil serão apresentados na Pinacoteca ao longo do período expositivo. A ação faz parte do projeto Videobrasil Pop Up, série de screenings em parceria com diferentes museus e instituições da cidade. Assim como as obras da exposição, os filmes apresentados dialogam com produção de Joseph Beuys e com o potencial da arte para transformação, abordando conceitos como cooperação, criatividade e participação coletiva.  Com curadoria da diretora do Videobrasil Solange Farkas e pesquisa do coordenador do acervo Ruy Luduvice, os três programas reúnem sete vídeos que tocam direta ou indiretamente a criação de novos mundos e imaginação de formas alternativas de sociabilidade.

Há por exemplo Futebol (dentro do Programa 1), em que o episódio de racismo envolvendo o jogador brasileiro Grafite e o argentino Leandro Desábato, em abril de 2005, serve de ponto de partida à performance do coletivo 3 de Fevereiro. Em Unforgettable Memory (parte do Programa 2) o artista chinês Liu Wei parte de um âmbito íntimo para falar do massacre dos estudantes chineses que confrontaram o poder na Praça da Paz Celestial em Pequim, em 1989.  Em As Pérolas, como te Escrevi (parte do Programa 3), de Regina Parra, imigrantes ilegais provenientes da Bolívia, Peru, Colômbia, Argentina, Congo e Guiné são convidados a ler trechos da carta Mundus Novus, de Américo Vespúcio, gerando uma polifonia que questiona a condição do estrangeiro, as relações de poder e a violência cultural.

Se uma das grandes noções advindas de Beuys é aquela de escultura social, talvez pudéssemos falar aqui de um vídeo social em que os artistas criam estruturas a partir da linguagem audiovisual, buscando transformar a sociedade ou o ambiente.

PROGRAMAÇÃO

24 de agosto, das 14h30 às 17h30

7 de setembro, das 14h30 às 17h30

12 de outubro, das 14h30 às 17h30