Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.

Charlene Sales Bicalho (1982, Nova Era, Minas Gerais. Vive e trabalha em São Paulo). Orbitando a [im]permanência do sol, e a constância das águas (2021-2022) é o título da obra da artista visual para o programa “Atos modernos”. A obra processual, integra múltiplas linguagens, como a performance, a fotografia, o desenho, o vídeo e a instalação, emerge entre crítica institucional e a criação de espaços não hegemônicos de aprendizagem.

Assine nossa Newsletter

e acompanhe nossa programação



    Clicando em "Aceito todos os Cookies" ou continuar a navegar no site, você concorda com o
    armazenamento de cookies no seu dispositivo para melhorar a experiência e navegação no site.
    Consulte a Política de Privacidade para obter mais informações.

    Aceitar todos os Cookies