Tipo: Performance | Local: Edifício Pina Contemporânea

Performance: Decretos Amefricanos: performance do coletivo Legítima Defesa

data Performance 09 de dezembro de 2023

Performance do coletivo Legítima Defesa, cuja pesquisa envolve propor imersões poéticas e dramaturgias a partir de questões raciais e de uma cultura diaspórica.

A apresentação começa na Praça da Pina Contemporânea, com um cortejo, e termina na arquibancada com uma projeção de imagens.

Data e horário

Data: 09 de dezembro, sábado
Horário: 18h

Sobre

Formado em 2015 o coletivo Legitima Defesa apresentou a performance poético-política “Em Legítima Defesa” na Mostra Internacional de Teatro de São Paulo de 2016. Em 2017, estreou o espetáculo “A missão em fragmentos: 12 cenas de descolonização em legítima defesa”, na programação da Mostra Internacional de Teatro. Tem em sua bagagem uma série de intervenções urbanas, como “Racismo é Golpe?” e” Um rosto a procura de um nome”. Em 2019 estreou o espetáculo “Black Brecht – E se Brecht fosse negro?” projeto contemplado pelo Prêmio Zé Renato, considerado pelo Guia da Folha como um dos mais relevantes ano de 2019 .

Entre as suas diversas parcerias cabe destacar a com o músico e performer sul africano Neo Muyanga, com quem além das colaborações de “A missão em fragmentos — 12 cenas de descolonização em legítima defesa” e “Black Brecht — E se Brecht fosse negro?” conta com a performance para 34ª Bienal de São Paulo A Maze in Grace, em 2020.

Mais informações

A atividade é gratuita. Para participar, é só chegar!

Serviço

Data: 09 de dezembro, sábado
Horário: 18h
Local: Praça e arquibancada da Pina Contemporânea
Endereço: Avenida Tiradentes, 273

Assine nossa Newsletter

e acompanhe nossa programação

.

    Clicando em "Aceito todos os Cookies" ou continuar a navegar no site, você concorda com o
    armazenamento de cookies no seu dispositivo para melhorar a experiência e navegação no site.
    Consulte a Política de Privacidade para obter mais informações.

    Aceitar todos os Cookies